sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Randy Cramer: Soldado Híbrido - Cosmic Disclosure Temporada 15 Episodio 1


REVELAÇÃO CÓSMICA – POR DENTRO DO PROGRAMA ESPACIAL SECRETO
 15 Temporada Episodio 1
Randy Cramer: Soldado Híbrido do PES

Assista o Video aqui ---> Episodio 1  Temporada 15

Emery Smith: Hoje em “Revelação Cósmica”, recebemos Randy Cramer, que arfima ter participado, 
durante 20 anos, de um Programa Espacial Secreto chamado Força de Defesa da Terra. Randy viveu no 
planeta Marte por 17 anos, onde ele disse que cerca de seis a sete milhões de pessoas viviam, incluindo 
várias raças extraterrestres.

Randy, bem-vindo ao programa.
Randy Cramer: Obrigado por me receber, Emery. Estou feliz por estar aqui.
Randy, para as pessoas que não o conhecem, vamos contar uma breve história sobre o que você fazia no 
programa espacial militar.

Randy Cramer: Claro. Sou capitão da Seção Especial do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, que é o 
programa espacial militar secreto, braço do Corpo de Fuzileiros Navais, formado em 1954 pelo então 
Presidente Dwight D. Eisenhower como resposta à falta de cooperação que ele estava recebendo do 
comitê MJ-12.

sábado, 31 de agosto de 2019

Instalações Subterrâneas Secretas 14 Temporada Episodio 3



Emery Smith: Estamos aqui com John Lear, hoje. Vamos falar sobre a Área 51 e instalações subterrâneas secretas. John, eu nunca estive na Área 51, no Lago Groom, na S-4. Eu estive em White Sands, Los Alamos, Laboratórios Sandia, na Base Aérea de Kirtland. Quais são as diferenças? O que significam?

John Lear: O mais perto que eu já estive foi sobrevoar a área nuclear, bem aqui, onde costumavam fazer explosões nucleares. Eu voava no North American OB10, e meu trabalho era informar sobre os ventos do nível do solo a 3 mil metros, para no caso de começar a ventar demais, não soprasse em direção a Las Vegas.

Eles queriam que fosse para o norte. Esse era o meu trabalho, informar sobre os ventos. E eu sempre fazia isso duas horas antes da explosão, então eu tinha muito tempo para olhar em volta. E uma das coisas que notei foi que, ao norte, havia uma imensa área branca. E eu não conseguia descobrir o que a fazia ser branca.

Apenas anos depois eu descobri que eu estava olhando para Pahute Mesa e também paras as Montanhas Rainier. E o que tinham feito foi cortar o topo de uma montanha. Eles construíram a área secreta para testes de Sandia dentro e depois colocaram o topo de volta. Quando eles tiraram, era tudo quartzo, e por isso é branco.

Anos depois, soubemos de um amigo nosso que seu pai dirigia um caminhão de cimento. Eu chamo de Sandia. Eu não sei como chamam hoje em dia. Era como costumavam chamar. E foi ideia deles chamar as novas bases secretas de um nome que sempre foi usado em outro lugar.

Então, se alguém dissesse esse nome, diriam: ”Eles querem dizer Corporação Sandia, ou Área de Sandia, ou Montanha Sandia, ou algo parecido. E foi assim que começaram a dar nomes às instalações e por que usaram nomes tão comuns. Além da base de Sandia, havia cinco buracos, de 90 metros de largura, que desciam 1,5 km de profundidade.

Eles foram originalmente construídos abrindo espaço através de explosões nucleares. Então, eles desciam até lá, para que os caminhões pudessem descer e despejar o cimento. E geralmente levava um dia para descer e metade da noite para subir de volta. O pai de um dos nossos amigos fez isso, e nos disse o que estava acontecendo lá.

domingo, 25 de agosto de 2019

Temporada 14 Episodio 2 A Lua é uma espaçonave. Foi construída em Júpiter há cerca de 38 milhões de anos.


Temporada 14 Episodio 2 Segredos da Lua Viva com Emery Smith e John Lear


Emery Smith: Estamos aqui com John Lear. E hoje, vamos falar sobre os segredos da Lua. John, eu estudo a Lua há bastante tempo.
E depois de fazer parte dos projetos e estar na Força Aérea, cheguei à conclusão de que há muita coisa acontecendo lá em cima que eles não querem que nós saibamos.

John Lear: A Lua é uma espaçonave. Foi construída em Júpiter há cerca de 38 milhões de anos. E entre o tempo que foi construída e 15 mil anos atrás, ela tem vagado por todo o nosso sistema solar. A NASA nos disse que há nove planetas no nosso sistema solar. Na verdade, tem 40. Há a Terra e mais 39. E cada um desses planetas tem uma civilização, e cada um desses planetas tem luas com civilizações.
Há tanta coisa acontecendo lá fora que não conseguiríamos entender o quanto ocorre em nosso sistema solar. Há muito controle de tráfego aéreo. É fantástico o volume de comércio que acontece, tecnologica e sociologicamente. É incrível todas as coisas que estão acontecendo. Ela foi feita em Júpiter.

terça-feira, 23 de julho de 2019

Revelação cósmica temporada 13 episódio 12 Reconstruindo Callidus 3


                           Assista este episodio en este link ===>  entre aqui

 Olá a todos. Meu nome é Jay Weidner. Vocês estão assistindo “Revelação Cósmica”. E estamos de volta com Jason Rice. Oi, Jason. Como está?

Jason Rice: Estou ótimo, Jay. Obrigado novamente por me receber.

Desde suas últimas aparições aqui, você já se lembrou de outras que aconteceram com você enquanto estava no Programa Espacial Secreto?

Jason Rice: Várias lembranças retornaram. Algo que eu recordei foi a explosão de um transportador na plataforma de lançamento. Foi em Callidus 3. E durante os esforços de reconstrução, parte dos problemas que começaram a voltar foi que havia certa parcela da população de humanoides lá que não estava feliz com a forma como as coisas estavam indo. Não estavam contentes com a centralização de toda a civilização deles em cidades, abandonando os velhos estilos de vida e o modo como viviam.

terça-feira, 23 de abril de 2019

Preparando Eventos de Divulgação e Flash Solar - Corey Goode na Cosmic Waves

ESCRITO PELO DR. MICHAEL SALLA EM 16 DE ABRIL DE 2019 

O que segue são os elementos-chave nas duas apresentações de Corey Goode no seminário Cosmic Waves em Kealakekua, Havaí, em 9 e 11 de abril. Goode fez importantes previsões sobre como o processo de divulgação vai se desenrolar, como se preparar para um flash solar iminente ( aka micronova) evento que estaria na faixa de uma erupção solar X-100, e nossa entrada em uma era do Fim dos Tempos. É útil fazer um registro dessas predições a fim de validar outros aspectos do testemunho pioneiro do Programa Espacial Secreto (SSP) de Goode, que teve um impacto muito além das comunidades de OVNIs e exopolíticas. 

Embora muitos dos pontos que Goode fez já tenham sido declarados, houve novas informações que esclarecem os recentes acontecimentos, especialmente em sua apresentação em 11 de abril. A primeira apresentação foi planejada como um resumo do testemunho e das experiências de Goode. Esforçar-me-ei por cobrir os pontos básicos que Goode abordou para aqueles que são novos no seu testemunho do SSP e oferecem um breve comentário sobre novas informações. 

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Somente um humano pode desconectar a armadilha da reencarnação



por Jane Higham,
Escritor contribuinte, In5D.com
“Sem dúvida não há como dizer se o que estou dizendo é real ou não, você acredita ou não”.
Esta citação do filme  Matrix vem à mente quando penso no que estou prestes a lhe dizer. Não posso confirmar ou negar a precisão do que estou prestes a compartilhar, porque não sei. Eu vou apenas dizer a você como aconteceu e, talvez, alguém, em algum lugar, possa fazer uso dele, se é real. Eu estou chegando mais e mais para sentir que apenas pode ser.
No dia 10 de maio de 2016, eu me encontrei cara a cara pela primeira vez, com um amigo de uma comunidade on-line de OVNIs, quando ele veio para ficar na Interstate na Austrália. Eu vou chamá-lo de "Jo". Eu havia me organizado para dois outros amigos da comunidade, que só havia conhecido brevemente uma vez antes, para se juntar a nós no dia em que ele chegou e para um Sky Watch naquela mesma noite. Nós passamos 11 horas falando sobre tudo conspiração e alienígena. Terminamos o dia com uma vigília em um belo topo de uma montanha, mas havia uma névoa de fumaça de madeira nas casas aquecendo a fria noite de outono que bloqueava a luz das estrelas, e havia uma festa acontecendo do outro lado da rua. Isso, e o fato de que eu estava tão animada em ter tais visitantes que eu poderia falar de todas as coisas controversas, significava que não havia chance de ver nem mesmo um satélite. Ainda assim, não importa. Havíamos visto várias origens não terrestres, luzes no céu antes, e é bem provável que voltássemos. Nós voltamos cedo para o meu e sentamos e conversamos um pouco mais em cima de um café. Os amigos foram para casa e meu convidado ficou.